Embora ela seja utiliza pela maioria das crianças e bebês a mamadeira em uso constante se torna o “bicho papão” para eles.

O mamadeira é o socorro para as mães que trabalham e precisam deixar seu pequeno aos cuidados de alguém, contudo ela é um grande problema para o bebê, pois podem prejudicar a formação dos dentes e da fala, e também a o risco de transmissão de germes e bactérias.

O uso da mamadeira prejudica também algo que é muito importante, o aleitamento materno, pois a criança acostumada com o bico mamadeira sente dificuldades em sugar o leite no seio da mãe e muitas vezes acaba rejeitando o leite materno.

Mas se a sua única opção é a mamadeira, é extremamente necessário que seja feito uma boa higienização.
Antes de oferece-la ao seu filho é necessário esterilizar todos os itens da mamadeira para evitar diarreias, sapinhos e infecção no sistema digestivo, quando for guarda-las lembre-se de pegar com algunsutensílio para não contaminar a mamadeira já esterilaza, guarde em pote restito as mesmas que contenha tampa.

Os riscos de uma madeira mal higienizada são grandes ao sistema imunológico do bebê, ele ainda não está formado, portanto fica muito suscetível a essas doenças.

Para ter uma mamadeira devidamente higienizada, após compra-la é necessário coloca-la em um recipiente com água por cinco minutos, seja no micro-ondas ou fogão, e após utilizada pelo bebê o bico da mamadeira deve ser lavada com água corrente, sabão neutro e escova própria para limpeza de mamadeiras e este processo deve ser repetido sempre que a mamadeira for utilizada, os bicos da mamadeira dever também ser trocados mensalmente.
Preste atenção nesses detalhes, são mínimos mas fazem toda a diferença para saúde do seu bebê.