Isso agora é uma regra, exercícios físicos durante a gravidez, favorece a saúde da criança e faz bem para o coração do seu bebê.

Muitas mulheres, nesta fase se sentem desmotivadas, com as atividades do dia-a-dia, ainda mais se citarmos a pratica de atividade física. Mas pesquisas apontavam que grávidas que praticavam no mínimo 30 minutos de exercícios, três vezes por semana, tinham fetos com menor freqüência cardíaca, nas ultimas de semanas de gestação, sinal da saúde do coração do bebê.

Nos dias de hoje mostrou que mães ativas com essa prática de exercícios tem só a ganhar com um parto mais tranquilo e para beneficiar a saúde do coração de seu bebê.

Mais de sessentas grávidas foram monitoradas, durante atividades aeróbicas, caminhada e corrida e poucas praticantes de levantamento de pesos e ioga.
E seus bebês analisados aproximadamente em até um mês de vida. E o resultado foi que durante a gestação e após o nascimento, esses bebês apresentaram ter um coração mais saudável e fortalecido.

O exercício aeróbico regular é de grande ajuda para as futuras mamães e para seus bebês, ajuda nas funções respiratórias até mesmo para a hora do parto, para abertura da pelve para que a criança também nasça com mais facilidade. E sem contar que quando a mãe tem uma vida mais ativa com atividades regulares, a criança se torna mesmo ainda na barriga da mãe uma criança, mais ágil, que ajudará na hora do seu nascimento.

E para a mulher aos exercícios, ajuda a diminuir a formação de varizes, devido o aumento de peso, dores musculares e articulares, durante o período da gestação. Assim, como para o pós-parto existem exercícios próprios para a flacidez abdominal e da pelve.
Pois muitas mulheres tem dores lombares, conhecida com Lombalgia, devido a postura no período da gestação por causa do crescimento da barriga. Mas está postura também pode ser melhorada, fortalecendo também os músculos das nádegas, barrigas , ombros e costas e assim voltando as funções respiratórias ao normal.
Mas sempre está seguindo a orientação de um médico, principalmente no período da gravidez, os exercícios podem variar de pessoa pra pessoa e nem sempre a sua séries de atividades, são iguais ao período em que a mulher não estava grávida.

Veja este Vídeo do You Tube: youtu.be/tXesXB5hMrU

Lembrando que: se você já faz exercícios, consulte o seu ginecologista para saber se ele aprova esta pratica e em que condições.