Cuidados e Prevenção De Colo de Útero

Hoje somos crianças, adolescentes, adultos e idosos cada um com sua particularidade, mas com algo em comum, fomos fecundados no mesmo lugar, está certo que de mães diferentes, mas no mesmo lugar, O ÚTERO.

Já na barriga de suas mães as meninas já estão com esse órgão formado. Na primeira menstruação deve-se habituar a menina a consultar um ginecologista para tomar os devidos cuidados com o útero e os demais órgãos reprodutivos.

Adormecidos até a fase reprodutiva alguns problemas uterinos podem aparecer a partir daí como os miomas (com maior freqüência entre os 35 e 45 anos), pólipos cervicais e fibroses (seqüelas de infecções genitais), patologias benignas.

Malformações como útero bicorno, unicorno, duplo e septado são congênitos, não impedem a gravidez, mas com incidência de parto prematuro com poucas chances de vida para o bebê.

A ferida ou erosão no colo do útero pode ser congênita, hormonal ou serem provocadas por infecções. É necessário fazer uma cauterização no colo do útero e quando é provocada por infecção trata-se a infecção primeiro antes da cauterização.

O câncer de colo de útero é o segundo entre as mulheres só perdendo para o câncer de mama. A sua prevenção ou o diagnóstico precoce são simples: basta realizar exames preventivos, como o papanicolau, especialmente em mulheres que tem ou já tiveram atividade sexual. Dê especial atenção a dores pélvicas, alterações no ciclo menstrual, cólicas incomuns, abortamento involuntário, dificuldade para engravidar e realize exames periodicamente.

A saúde do corpo é o antibiótico para qualquer doença, cuidados com a alimentação, exercícios físicos, vida sexual adequada contribuem para o bom funcionamento do útero.